Nutricionista fala sobre alimentação para mulher que amamenta


Alimentação correta contribui para saúde da mãe e do bebê. 
Veja o que comer e o que evitar enquanto estiver amamentando.

Do GI MG
Conteúdo não disponível.
Na 2ª coluna de nutrição especial para o mês das mães, a nutricionista Karin Honorato fala sobre a alimentação durante o período de amamentação. Veja o vídeo ao lado.
Segundo a especialista, é essencial que a mãe tenha uma alimentação saúdável, variada e bem dosada.
karin Honorato destaca que o leite materno aumenta a imunidade do bebê, previne doenças crônicas, diminui alergias e problemas respiratórios.  A nutricionista diz ainda que a amamentação tranquiliza a criança.
Karin também fala sobre as vantagens para a mulher que amamenta. Ela cita a perda de calorias extras e diz que, por isso, a mulher não deve fazer dietas nesse período.
A  nutricionista esclarece crenças populares em torno da produção de leite materno. Diz que a canjica é um bom alimento, mas que é preciso ter cuidado com excesso de açúcar. A cerveja preta, segundo ela, está totalmente descartada porque o álcool deve ser evitado. A canja de galinha é ideal, segundo a nutricionista,  por ser um alimento forte e rico.
Conteúdo não disponível.
A especialista dá dicas para uma boa  alimentação. Veja o vídeo ao lado. 
- No almoço, prepare uma refeição com arroz integral, feijão, carne magra e  legumes não muito cozidos para não perder nutrientes. 
- Beterraba crua ajuda na reposição de  ferro
- A  salada deve ter verduras escuras em abundância
A nutricoinista lembra que a mãe deve se  alimentar em intervalos certos e de, no máximo, 3 horas. Ela sugere lanches com frutas variadas, mas ressalva que é preciso tomar cuidado com as frutas cítricas porque nem todos os bebês se dão bem com elas. Passas, amêndoas e farinha de linhaça também são interessantes, segundo Karin Honorato.
Karin fala sobre alimentos que podem aumentar as cólicas dos bebês:  leites e derivados, chocolate, cafeína, excesso de açúcar e gordura ou alimentos alérgicos para os pais e irmãos. Ela sugere suspender esses itens, alternadamente, por cerca de 10 dias, até identificar o que está provocando a cólica na criança.
E reforça: hidratação é fundamental para a produçao de leite materno. Beba muita água e sucos naturais variados, com frutas e hortaliças, diz a nutricionista.

Postagens mais visitadas