Acolha a sua irritação



Fonte: https://goo.gl/images/8Cv56S

Tudo o que é negado ou reprimido em nós arruma uma forma de se manifestar e, se fica represado , dói no corpo , na vida , no sentimento.

Irritabilidade , raiva , parece um "pecado" ultimamente, parece errado ficar irritado ou com raiva. Enfim, um sentimento a ser negado, enterrado.

O que na realidade acontece é que por sempre ser negado, quando é libertado, sai de uma forma "torta" , explosiva e várias vezes com a pessoa ou situação errada.

O melhor, quando estamos irritados, seria identificar claramente com quem ou com o que estamos irritados, tentarmos ser bem específicos conosco mesmo.

Aceitar que neste momento precisamos de quietude para achar a melhor forma de transmitir esta insatisfação, esta mágoa, este peso que a raiva carrega.

Muitas vezes, se tentamos "resolver" o problema no auge da raiva, o fazemos de forma "cega" e "burra" e os resultados não são como gostaríamos.

Portanto, uma pausa, respeito pelo sentimento e reflexão com certeza nos darão base pra uma ação mais clara, objetiva e inteligente.

Ninguém precisa "engolir o sapo", carregar a raiva e sofrer, mas com certeza  uma ação pensada, refletida e organizada alcança melhores resultados.

Abraços!

Luiza Donegá
Psicóloga

Postagens mais visitadas